março 25, 2008

LIBERDADE DOCUMENTAL


É já amanhã que tem lugar esta acção a nível mundial pela defesa da LIBERDADE DOCUMENTAL.

Em Portugal a ANSOL promove um encontro-convívio pelas 18 horas no Parque da Nações.
"O Document Freedom Day (DFD) é um dia global para celebrar a Libertação Documental com acções comunitárias para a promoção de Formatos de Documentos Livre e Standards Abertos em geral. O DFD foi iniciado e é apoiado por um grupo de organizações e companhias incluindo, mas não se limitando, a Free Software Foundation Europe, a ODF Alliance, o OpenForum Europe, a IBM, a Red Hat e a Sun Microsystems, Inc."
Fonte- ANSOL
Outros sites com interesse sobre o assunto:
DocumentFreedomDay


março 24, 2008

E então!...

Acabo de ler a mais recente "newsletter" do Miichael Moore e de ficar a saber que no passado Domingo de Páscoa terá morrido o no Iraque o 4 000.º soldado americano.
O que espanta é o descaramento do "falcão" Dick Cheney numa entrevista em que revela o seu conceito de democracia.
Vale a pena ver o desenvolvimento do assunto na página do Michael.

março 21, 2008

Projecto de Software Livre numa Escola

Numa altura em que a educação está tanto em discussão é de realçar iniciativas como esta.
Numa sociedade que maltrata educandos e educadores e que usa o tema para chicana partidária é de aplaudir este tipo de acções.
Para conhecer em:
Software Livre na Escola

Escola Secundária de Caneças

março 17, 2008

Eles comem tudo e não deixam nada!

Os vampiros de que o Zeca falava andam para aí outra vez à solta.
Agora estão desesperados porque lhes começa a faltar "sangue fresco".
Estão a tornar-se perigosos... As bolsas da Europa estão a cair e nos Balcãs os traficantes já começaram a vender canhões!

março 15, 2008

Saúdo a RedHat!

Pela sua decisão em apelar aos membros da Comissão ISO Internacional para não aceitarem OOXML da Microsoft como padrão.

"A RedHat baseia a sua decisão no facto de o tempo disponível ser demasiado curto para analisar as cerca de seis mil complexas páginas do documento que estabelece o OOXML. E, afirma também, que existem algumas partes da especificação que ainda não estão desenvolvidas."
Parabéns!

março 14, 2008

E a estupidificação continua...

Tenho assistido às mais variadas operações de branqueamento dos passado recente, nomeadamente ao período salazarista-fascista.
Depois de concursos, entrevistas a gente duvidosa e outras formas de "envenenamento" das mentes ignorantes, a mais recente é: Descrever o tempo de Salazar de uma forma ISENTA e IMPARCIAL!...
Fantástico! Esta forma de fazer "História" é precisamente o estilo do fascismo português de outros tempos (bonzinho, pobrezinho, honestinho, lavadinho, educadinho...).

Por vezes sinto que a esquerda abandonou o combate ideológico e deixou o campo aberto a estes aldrabões que nos aparecem em quase todos os quadrantes da "dita democracia".
Por mim, continuarei a UIVAR (nem que seja sózinho, como aconteceu com a última entrada sobre o IMI. Devo ser eu que estou a ver mal a coisa...).

Ainda está por escrever muita da História do tiranete Salazar mas essa não poderá ser contada de uma forma IMPARCIAL e ISENTA. Para isso ser possível só pondo em causa esta democracia podre, sem compromissos e conciliações.

março 03, 2008

Cuidado! Em Abril vai andar aí o XERIFE...

Pois é, lá vou voltar a ser roubado com a brincadeira do Imposto que criaram para perpetuar a pouca vergonha nas autarquias.
Chamam-lhe o IMI que segundo dizem é o IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE IMÓVEIS mas eu acho que é mais o IMPOSTO MUNICIPAL INJUSTIFICADO.

Neste país em que passamos a vida a pagar impostos sobre impostos, onde impera a INJUSTIÇA, onde quem ganha nos tribunais tem muito dinheiro e onde estamos indefesos perante um ESTADO TOTALITÁRIO ao serviço de algumas famílias "de bem", não há "Robin Hood" que nos valha perante os insaciáveis "XERIFES de Nottingham" cá do sítio.

Tenho vindo a verificar desde 2005 que o dito Imposto não pára de crescer. Vejam o caso concreto:
2005 - 547,80 euros
2006 - 625,24 " ( +14,14%)
2007 - 644,00 " (+17,56%)
(Tomando como base o ano de 2005 apurei o valor percentual acumulado do crescimento do imposto nestes dois últimos anos).

Quando é que isto vai parar? Em 2011?... Não acredito. Nessa altura arranjam outra mentira qualquer e toca de nos continuar a ir ao bolso!

Ao contrário do que se possa pensar não vivo na Quinta da Marinha mas em Queluz, CIDADE (até dá vontade de rir...) envelhecida do concelho de Sintra em que nada justifica o nível do imposto adoptado.
Só mentes doentias e ávidas por viver à custa dos pagantes é que podem conceber tal estado de coisas.
BASTA! HÁ QUE REAGIR A ESTE ESTADO DE COISAS!
Unamo-nos e travemos um combate firme contra a corja instalada!
Organizemo-nos para defender os nossos interesses!
FIM AO IMI e a toda a carga fiscal injustificada!

Convido todos os que têm razões de queixa a denunciar neste espaço casos concretos.