abril 25, 2008

A "falta de ar" da democracia

Parece que pegou moda a "explicação" para o marasmo nacional da falta de ar ou sufoco da democracia...
Acho que eles estão a ver mal. O problema desta nossa terra é que ela está cercada pelo 28 de Maio e pelo 25 de Novembro.

abril 14, 2008

Aqui não é o "Reino da Madeira"!...



Como costumávamos dizer quando éramos putos: Se passares na minha rua levas uma "pedrada"... Ouviste ó sambista de terceira categoria?

abril 03, 2008

Registos

A Fundação para uma Infraestructura de Informação Livre (FFII) emitiu hoje um comunicado onde acusa a International Organization for Standardization (ISO) de favorecer a Microsoft ao permitir que a norma OOXML fosse aprovada, uma notícia já avançada pelo TeK.

Rui Seabra, vice-presidente da ANSOL, e membro do comité técnico nacional, expressa de forma irónica a sua opinião quanto à vitória da Microsoft, referindo que a empresa esta está de parabéns pois conseguiu "forçar um documento incompleto e cheio de erros como standard internacional, que apenas eles podem implementar. Está então provado que o standard de qualidade da ISO/IEC pode ser subvertido".
Fonte

Comentário: Não me surpreende de todo esta notícia. Só o facto da Microsoft ter revelado há dias a "sua vitória", quando ainda nem sequer foi anunciada a decisão da comissão ISO, revela bem o peso da pressão que fez junto das entidades decisoras. O "Império Dark Side" tem muitos dólares para comprar o que precisa!

Outras confrarias

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. Jorge Ortiga, afirmou esta segunda-feira, na abertura da assembleia plenária do organismo, que decorre até quinta-feira em Fátima, que “o Estado Democrático não pode ser militante ateu”.
Fonte

Comentário: A "padralhada" anda para aí muito activa. Por outro lado têm saído várias notícias que revelam a fortuna escandalosa desta igreja católica que nunca foi dos pobres e que sempre esteve ao serviço de tiranos e opressores.
José Sócrates corre o risco de se transformar no Marcello Caetano II. Não consegue agradar aos "ultras" nem aos liberais...
Dava jeito vir aí uma PRIMAVERA diferente que acabasse com os privilégios mantidos antes e depois do 25 de Abril.