janeiro 30, 2006

Inquilino transitário no Palácio de Queluz

O Sr. Silva vai formar a sua "corte" no Pavilhão D. Maria I do Palácio Nacional de Queluz.Sabe-se ainda que vai dispor de vários gabinetes de apoio para desempenhar as suas "árduas" tarefas até tomar posse.


Resido em Queluz há cerca de 50 anos e este acontecimento fez-me recordar um episódio grotesco passado no tempo da outra senhora em que o então Presidente "fantoche" Américo Tomás (mais conhecido pelo "cabeça de giz") desterrou para uma espécie de prisão dourada o então primeiro-ministro Marcelo Caetano que andava a ensaiar a "evolução na continuidade".


O Palácio de Queluz tem vindo a degradar-se ao longo do tempo e os seus jardins mais parecem "tulhas de lixo" com a falta de manutenção. De facto era mesmo disto que o Palácio e a cidade mais precisavam! Num tempo em que os responsáveis políticos falam de "contenção" estes trocos gastos com mordomias não têm qualquer peso...


Tem assim o Sr. Silva um percurso "Real" da marquise na travessa do Possolo para Belém via Régia de Queluz.

Sem comentários: