junho 19, 2005

EUROPA DO SOCIAL OU DO ECONÓMICO?

É esta, aparentemente, a grande divergência entre os ?patrões? da comunidade.
Os ricos não querem pagar e os pobres até prescindiam de parte da esmola para receberem uns ?tostões?.
Aparentemente são este engulhos que estão a enfraquecer a Europa.
Há dias ouvi um reformado dizer na televisão que os franceses tinham votado contra o tratado porque defendem um modelo social ultrapassado. Segundo ele, o que a Europa precisa é de um modelo económico liberal para fazer frente aos Estados Unidos e à China. Quem recebe uma reforma de 3 600 contos mensais tem de falar assim porque esse modelo defende os interesses de uma ?elite? com poder. Refiro-me ao Eng.º Mira Amaral.
Mas será este verdadeiramente o problema? Claro que não. Esta Europa não vai a lado nenhum porque quem determina a política é uma minoria de burocratas e representantes do grande capital multinacional. Os povos da Europa estão a retroceder para a época da Revolução Industrial nas suas condições de vida.
Talvez a História pregue uma partida aos poderosos? É preciso olhar o passado, verificar os erros cometidos e rasgar novos rumos que alterem este estado de coisas.

Sem comentários: