janeiro 22, 2007

A Esquerda Moderna

Conceito distorcido e perverso recentemente introduzido pelo Sr. Sócrates (não me lembro que alguém tenha falado disto antes) e que tem por objectivo "explicar" a prática política dos "socialistas" quando se encontram no poder.
Por outro lado "a esquerda moderna" de que fala o distinto democrata pretende ser uma espécie de separação de águas entre ele e as outras formações da esquerda (PCP e BE).
A ignorância da História do Socialismo poderá bem ser a razão destas "alarvidades". Porém é estranho que uma individualidade tão distinta e intelectualmente dotada caia numa falta de conhecimento tão básica. Ou será que se trata de uma habilidade para iludir incautos?...

A esquerda sempre foi e será MODERNA a direita trôpega e retrógrada. Para quê esta tentativa de "baralhar" as pessoas?
Se recuarmos a 1976 percebemos a fonte de inspiração destes "socialistas de chapéu de côco": Mário Soares referia-se, nessa altura, com bastante frequência ao "SOCIALISMO DEMOCRÁTICO" contrapondo à prática do Socialismo "atrasado" praticado nos países do Leste Europeu (área geográfica baptizada pelos imperialistas americanos e seus amigos com o nome de CORTINA DE FERRO).
Se analisarmos com atenção estas duas posturas ideológicas coincidem nos conceitos e práticas: Alianças com a direita, capitulação com o capitalismo e imperialismo, defesa de alguns conceitos neo-liberais quanto à estrutura da sociedade.
Os "socialistas" são uma casta poderosa agarrada ao poder. Por vezes cedem momentaneamente a governação aos seus colegas do PPD/PSD (é importante a sigla ser escrita assim porque tal como o CDS/PP são duas famílias diferentes) para voltar depois com novos protagonistas. A prática é sempre a mesma: Retórica de "esquerda" e uma prática "renovada" que é um misto de inquietações sociais e uma crença de direita tradicional
A ESQUERDA MODERNA É UMA FRAUDE!

Sem comentários: